Você saber como vender roupas pelo WhatsApp? Ninguém duvida que este é o principal aplicativo de mensagens atualmente. Usado por milhões de pessoas, ele chegou para ficar e lança recursos úteis quase que mensalmente.

Mas ele também é muito eficiente para vendas de produtos diversos. Assim, hoje vamos falar sobre como vender roupas pelo WhatsApp.

Este artigo pode ser muito útil para você que tem uma loja física ou se vende apenas pela internet. Além disso, se você for autônomo, o WhatsApp também te ajudará a alavancar suas vendas e a ganhar um dinheirinho extra. Então, fique ligado e confira como usar o aplicativo em prol de suas vendas.

Antes de começar a vender roupas pelo WhatsApp

Primeiramente, antes de pensar em como vender roupas pelo WhatsApp, faça uma conta no WhatsApp Business. Essa versão do aplicativo é direcionada para negócios e disponibiliza recursos especiais para ajudar nas vendas.

Dessa forma, crie uma conta comercial no WhatsApp Business e nunca use seu número privado para vendas. É importante também você preencher todos os campos de informações e manter tudo atualizado. Assim, pense nos seguintes pontos:

  • Utilize uma foto de perfil condizente com o seu negócio (se tiver uma logomarca, melhor ainda!);
  • Insira dados como endereço (se houver) e nome da loja;
  • Não deixe de detalhar os horários e dias de funcionamento da empresa;
  • Utilize o recurso de mensagens automáticas para não deixar o cliente no vácuo;
  • Por fim, disponibilize o site da empresa e catálogos de produtos.

Feito isso, você já pode começar a vender. E o WhatsApp Business é ótimo para isso pois oferece métricas importantes para a sua estratégia de vendas.

Não seja inconveniente

Sempre peça autorização do cliente antes de enviar promoções, links ou qualquer outro tipo de mensagem. Também peça se você pode salvar o número dele nos seus contatos. Isso é uma questão de elegância e educação.

Além do mais, esse “cuidado” dá um ar de profissionalismo e mostra que você está preocupado com a pessoa do outro lado da tela. Mandar mensagens indesejadas não surtirá efeito algum e você corre o risco de se incomodar no futuro.

Seja organizado na hora de vender roupas pelo WhatsApp

Mantenha uma planilha bem organizada com o nome e contato dos seus clientes. É importante manter mais de um número, pois, hoje em dia, as pessoas mudam bastante de celular. É bom ter um endereço de e-mail de cada um deles.

Mas, lembre-se, só entre em contato se houver necessidade e após autorização do cliente. Você também pode classificar e separar os clientes de acordo com o nível de venda. Por exemplo, se o cliente já é fiel, ele ficará em uma lista. Para novos clientes, faça outra lista. Isso ajuda na hora de enviar as mensagens, pois será mais fácil enviar recados personalizados de acordo com cada grupo.

Prefira transmissões ao invés de grupos

Evite fazer grupos para divulgar seus produtos. O melhor mesmo é usar as listas de transmissão. Por meio delas, você pode enviar conteúdo para até 256 contatos ao mesmo tempo.

Use as transmissões não apenas para enviar produtos, mas envie links úteis e conteúdos que agregam na experiência de compra do cliente. No caso de roupas, por exemplo, nessa época do ano, você pode enviar artigos sobre as principais tendências do verão. Esse conteúdo agregador não precisa exatamente ser de sua autoria. Basta dar sempre o crédito, claro.

Ofereça catálogos completos e verdadeiros

A melhor dica de como vender roupas no WhatsApp é oferecer catálogos fieis aos produtos disponíveis na sua loja. Assim, eles precisam ser bem elaborados, com boas imagens e de fácil acesso ao cliente.

Muita gente peca nesse quesito, pois oferece produtos que estão em falta ou fora de linha/estoque. Se isso acontecer, prejudicará a reputação do seu negócio.

E claro, ao vender roupas pelo WhatsApp fale o preço

Por fim, a última dica envolve não esconder os preços. É muito ruim para o cliente não conseguir saber o preço da roupa anunciada. Muitos empreendedores fazem isso propositalmente, para obrigar o cliente a entrar em contato.

Mas essa não é uma boa tática. Assim, junto ao catálogo, procure sempre divulgar o valor de cada roupa, com seus respectivos descontos e formas de pagamento.

You May Also Like

Leave a Reply